Exibimos propagandas pois acreditamos que todo aquele que produz conteúdo e compartilha conhecimento merece uma fatia da enorme riqueza gerada pela internet.

Cocktail And Dance - Erwin Wiener

Se é na guitarra que o estilo rock se faz com toda força, na música em geral acredito que o instrumento máximo e definitivo é o piano. Nada é mais completo do que aquelas dezenas de teclas brancas e pretas, que levam do grave mais soturno ao agudo mais festivo.

Grandes pianistas costumam estar cercados de bons músicos. E é exatamente isso que se nota ao ouvir este disco do desconhecido Ervin Wiener. Difícil encontrar informações sobre ele. Na página "Discográficas de Brasil: el lado B" diz que ele é natural da Tchecoslováquia. A autora menciona também que ele viveu em São Paulo, gravando desde 1948, em todos os formatos, cerca de 50 discos, com temas internacionais e também brasileiros. 


Continua elevando o músico, indicando seu piano como melodioso, romântico, nostálgico, alegre, entre outros adjetivos. E também afirma que ele fez trabalhos para várias empresas. Esta observação encontra apoio em postagem do blog Sintonia Musikal.

Nesse disco ele executa apenas uma música de sua autoria. As outras são de figuras como o militarístico Morton Gould, o gênio Duke Ellington e o inspirado Tony Osbourne. A maioria são temas alegres, com forte swing e bem dançantes. Certamente um ótimo disco para quem gosta de um jazz fácil de ouvir.

Nenhum comentário:

Postar um comentário